Alerta: Cidades da região têm chuvas abaixo do esperado

Segundo consórcio PCJ, vazão do Cantareira para rios da região está apenas 2 m³/s acima do mínimo para o período.

O índice de chuvas registradas em municípios da RMC – Região Metropolitana de Campinas ficou abaixo da média histórica, em janeiro, o que deixou em alerta o Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ) sobre possível risco de crise hídrica durante o período de estiagem.

A instituição, que tem como fim a recuperação dos mananciais de sua área de abrangência, realizou um estudo que mostra que o reservatório do Sistema Cantareira, na Grande São Paulo, precisa chegar a 65% da capacidade até abril, para que seja evitado o drama vivenciado por moradores que tiveram racionamento do líquido em algumas cidades durante 2014.

Entre os municípios que tiveram chuvas abaixo do esperado no primeiro mês deste ano estão Campinas (SP), onde a média é de 226 milímetros e foram contabilizados 190; e Americana (SP), onde a queda foi de 20% no valor considerado na série histórica.

De acordo com o consórcio, ainda que as chuvas de fevereiro e março ocorram dentro do previsto, à meta não deve ser atingida. Com isso, ele faz um alerta sobre risco de comprometimento do abastecimento para os municípios dependentes dos rios Atibaia, Jaguari e Piracicaba.

O secretário-executivo do PCJ, Francisco Lahóz, explica que a vazão que sai do Cantareira e chega aos rios da região está em 14 m³/s, somente 2 m³/s acima da mínimo para este período.

(Fonte: G1/Campinas e Região)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *