Amparo: Prefeitura quer ampliar aulas de italiano para os próximos anos

O projeto Curso de Língua e Cultura Italiana que em 2013 foi renovado pelo Prefeito de Amparo está sendo desenvolvido com alunos da rede municipal e deve ser ampliado para os próximos anos.

O projeto tem por objetivo a inserção formativa da língua italiana nas escolas municipais de Amparo. O convênio teve inicio com grupos pilotos de ensino da língua e cultura italiana. Durante o período, mais de 1.000 alunos foram atendidos. Além disso, professores da rede foram capacitados.

Desde 2015, o projeto é coordenado pela professora Tania Mara Silva Marinho. Atualmente, 42 alunos fazem parte das aulas. A meta é de que 80 alunos estejam aderindo ao projeto. Para 2018, a meta é estender a outras escolas o ensino e atender mais de 200 alunos.

“Em 2014, quando apoiamos a Festa Italiana no Largo da Matriz, iniciamos conversas para que aumentássemos o ensino do italiano, pois, temos vínculos muito forte com o crescimento da nossa Amparo.  Nossa cultura precisa ser mantida, e, sem dúvida, as tradições da língua e da cultura italiana estão neste elo”, disse o prefeito de Amparo. 

Pequeno Histórico

O projeto “Curso de Língua e Cultura Italiana” surgiu, primeiramente como resultado de um convênio de colaboração técnica firmado e assinado em 2001, entre a Prefeitura Municipal de Amparo, a Federação das Entidades Culturais Ítalo-Brasileiras do Estado de São Paulo e com o Consul Geral da Itália em São Paulo.

A comunidade envolvida e agradecida por ter sido proporcionado esta oportunidade a seus filhos aprenderem um novo idioma, vibrando com o sucesso alcançado, manifestaram total aprovação, sendo assim, este foi renovado em maio de 2013 pela atual gestão do município.

Desde o início o objetivo sempre teve o interesse comum na inserção formativa da língua italiana nas escolas municipais.

Não se pode negar o grande legado deixado pelo imigrante italiano e a importância deles na história de nossa cidade. A presença deste povo maravilhoso em nosso município data da segunda metade do século XIX, das grandes massas de imigrantes que aqui chegaram. Imigrantes que contribuíram e continuam contribuindo, através de seus descendentes, para o desenvolvimento cultural, social, econômico e político de Amparo.

Em virtude deste convênio foi apresentada uma proposta de abertura de grupos piloto de ensino de língua e cultura italiana. Propusemos que fossem montadas as salas piloto em três escolas municipais, determinadas pelo perímetro de abrangência, e que fossem aulas de duas horas de duração, duas vezes por semana.

Que os profissionais fossem remunerados pelo município, dentro da legislação vigente e orientados pelo Circolo Italiano de Amparo, dentro dos pressupostos teóricos e pedagógicos para o ensino de segunda língua e assim foi de agosto de 2006 a dezembro de 2014.

Durante este período através deste projeto, atendemos mais de 1.000 alunos, formamos várias professoras e duas dessas profissionais; profª Tânia Mara Silva Marinho e Marilda Pinto Lima Pedroso de Moraes assumiram a formação dos docentes a partir do ano de 2015.

Para que pudéssemos nos adequar com a regulamentação da lei nº. 3796 o projeto teve que ser interrompido.

A partir de 2015, agora com a coordenação da Profª Tânia Mara Silva Marinho, esta assumiu junto aos órgãos conveniados, o compromisso da continuidade do projeto, que tem como objetivo levar o ensino da língua e cultura italiana para os alunos da rede municipal. E com o intuito de repetir o bom desempenho e atender às solicitações da comunidade que muito aplaudiram esta iniciativa do Circolo Italiano e da Prefeitura, o projeto retorna inicialmente atendendo os alunos da EMEF Profª Floripes Bueno da Silva em 42 alunos e até o final deste ano a meta é a adesão de mais 80 alunos. A partir dos resultados, para 2018 o objetivo é o projeto ser estendido a outras escolas e com isso atender mais de 200 alunos e nos próximos anos, com a lei regulamentada, a meta é inserir o idioma na grade curricular do munícipio, cumprindo assim o que foi firmado no convênio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *