Departamento de Desenvolvimento Rural comemora o Ano Internacional do Solo

Otávio de Assis
Imprensa/Prefeitura

Em comemoração ao Ano Internacional do Solo, o Departamento de Desenvolvimento Rural da Prefeitura Municipal da Estância de Socorro, realizou no dia 30 de abril, no Espaço do Produtor Rural, palestras centradas no tema: “Conservação do Solo para Fruticultura em Socorro, com abordagem conservacionista para a cultura da tangerina Ponkan”.

Segundo o Engº Agrº Paulo Lorenzini, diretor do Departamento Rural, essa atividade teve como objetivo levar informação aos agricultores, em parceria com os órgãos de pesquisa e extensão rural, trazendo tecnologias e colocando a disposição daqueles que desejarem fazer uso delas através do comércio.

A programação destacou-se com sub temas relacionados: Adubação fosfatada em Solos e Fruteiras com o Engº Agrº Fernando Guerra da empresa Yoorin Fertilizantes, de Poços de Caldas/MG;  Ações de Conservação de Solo em Socorro, com o Engº Agrº Rodrigo da Silva Binotti do CATI/Socorro:  Conservação do Solo de Culturas Frutíferas com o Engº Agrº Afonso Peche, pesquisador do IAC de Campinas e de Jundiaí.

O Engº Fernando Guerra trouxe em sua explanação a mais atualizada tecnologia de corretivos, a mais nova geração do Yoorin; o Engº Rodrigo BInotti do CATI apresentou a importância das barraguinhas como tecnologia de conservação de solos, já que elas solucionam em parte a crise hídrica; o Engº e pesquisador do IAC de Jundiaí discorreu justificando o ano de 2015 como ano internacional do solo, em função das preocupações com a segurança alimentar, garantindo  alimentos para todos. Na verdade deu uma aula de como conservar os solos, fazer infiltrar de água em diferentes situações e uso da terra, garantindo que a água fique e contribua para que possa ocorrer uma produção sustentável com menos plantas e mais produtividade.

No encerramento o Engº Paulo Lorensini deixou uma fala para reflexão. Disse ele:  “É essencial manter o equilíbrio cuidadoso entre a necessidade de preservar os nossos recursos naturais e expandir a nossa produção. O Ano Internacional do Solo, visa gerar esta consciência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *