Descarte irresponsável de lixo prejudica a natureza e compromete trabalho das equipes de limpeza e conservação

Prática é comum em pontos da zona rural. Se identificado, infrator é multado

Imprensa/Prefeitura

A paisagem natural de Socorro vem sofrendo com a atitude irresponsável e inconsequente de munícipes que descartam todo tipo de lixo de forma incorreta. A prática acontece constantemente e tem como alvo mais frequente as caçambas de depósito de lixo orgânico dos bairros da zona rural.

Segundo o Chefe de Limpeza e Conservação Municipal, Benedito de Godoi, a ação é mais comum nos bairros Rubins, Salone, Moraes, Cardoso, Livramento, Pompéia, Rio do Peixe e Camilos – onde sequer há caçamba e em local que possui placa de advertência à proibição do despejo de lixo.

As caçambas da zona rural são para descarte exclusivo de lixo do tipo orgânico em seu interior. Alguns munícipes, porém, jogam também materiais recicláveis e entulhos, como mobílias, madeiras e materiais de construção.

A Prefeitura realiza a coleta separada de recicláveis e construiu dois ecopontos para onde devem ser levados os entulhos. Para saber os dias e horários da coleta de recicláveis em seu bairro, ou para solicitar o recolhimento de entulho, entre em contato com o Departamento Municipal de Meio Ambiente pelo telefone 3855-9617.

Vale lembrar que o descarte incorreto de lixo é passível de multa. De acordo com a Lei nº 2808/1997 e com a Lei nº 3406/2010, o valor desembolsado pelo infrator pode variar de 10 a 50 Unidades Fiscais (UFMES) – cada UFMES corresponde a R$ 21,95. Para entulhos, a multa é de até 60 Unidades Fiscais, ou R$ 1.317,00, conforme a Lei nº 3942/2015.

O secretário municipal de Serviços, Dárcio da Silva, resumiu a dificuldade causada por esse tipo de atitude no trabalho das equipes de limpeza: “É impossível limpar todos os lugares onde as pessoas jogam lixo de qualquer maneira. Para limpar um lugar que já deveria estar limpo, eu tenho que tirar funcionário de outro local”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *