Espaço da Fonte traz concerto de música sacra colonial a Monte Alegre do Sul

 

O Espaço da Fonte promove no próximo dia 28 de maio (domingo) uma noite especial de música sacra colonial brasileira no Santuário Senhor Bom Jesus, em Monte Alegre do Sul.

O evento acontece logo após a missa, às 20h, e traz como atração a Orquestra Circuito das Águas (OCA). A corporação é apontada como uma das revelações do Estado de São Paulo. A entrada é gratuita.

A iniciativa inédita idealizada pelos promotores do espetáculo tem como objetivo agradecer à sociedade pela acolhida solidária na chegada à estância hidromineral do Circuito das Águas Paulista. São 15 anos de convivência, desde a viabilização do empreendimento e o funcionamento, com sucesso, do Espaço da Fonte.

“Fomos recebidos com afeição e carinho pela comunidade de Monte Alegre do Sul, que nos abriu as portas como filhos. Sou muito grato por tudo o que proporcionaram à minha família e por isso decidimos homenagear a cidade com este concerto”, diz Marcos Kaloy, proprietário do Espaço da Fonte, localizado num dos pontos mais charmosos da estância.

O Espaço da Fonte foi projeto como uma tríade com o propósito de unir arte, gastronomia de qualidade e boa música. Um espaço aconchegante, ideal para encontrar os amigos, para uma conversa a dois ou passar horas de entretenimento com a família.

Espetáculo promete emoção. A apresentação da Orquestra Circuito das Águas acontece no Santuário Senhor Bom Jesus, local apropriado para o espetáculo por conta da acústica.

A arquitetura e ornamentação interior são detalhes que fazem do Santuário um dos cartões-postais mais visitados de Monte Alegre do Sul e de todo o Circuito das Águas Paulista.

É neste ambiente acolhedor e repleto de histórias que o público poderá acompanhar o repertório clássico e especial preparado pela Orquestra Circuito das Águas.

O concerto será dividido em duas partes. A primeira contempla o estilo barroco inglês de Henry Purcell (1659-1695) e o alemão de Georg Philipp Telemann (1681-1767).

Já a segunda parte do concerto será o resgate da música brasileira do século 18, com obras sacras corais dos compositores Lobo de Mesquita (1746-1805) e Marcos Coelho Neto (1763-1823).

Para a noite memorável promovida pelo Espaço da Fonte, a Orquestra Circuito das Águas terá 16 cantores convidados. São alunos de graduação da Universidade Estadual de Campinas ((Unicamp) e que pertencem à classe de canto do professor Ângelo Fernandes.

As peças escolhidas têm ligação ao período do Brasil colonial e trazem elementos tanto do barroco, quanto ao clássico. Marcam, na realidade, a fase de transição vivida pelo País na época.

Sobre a Orquestra

A Orquestra do Circuito das Águas (OCA) é formada por músicos das cidades do Circuito das Águas Paulista e concentra pessoas de várias idades. Fundada no início de 2016, por iniciativa da regente Mayara Bassoli, criou, incialmente, um repertório voltado ao período Barroco da música erudita.

O grupo é eclético, composto por músicos formados, estudantes, no início da vida musical. A OCA tem como objetivo abrir espaço para pessoas queiram participar. Em um ano de atividade, se apresentou em igrejas de cidades da região, locais propícios para as apresentações por conta da acústica).

Formação da orquestra

Regente – Mayara Bassoli

Violino I – Joel Brandão e Jean Francisco da Silva

Violino II – José Manuel Cabral e Juliane Costa

Viola – Ranieri Odorizzi de Oliveira e Andrea Lima de Carvalho

Violoncelo – René Guimarães e Luiz Fernando da Silva

Contrabaixo – Diego Mozer e Fabio Ruggiero

Cravo – Bruno dos Santos

Flauta I – Graziella Fieramonti

Flauta II – Vivian Schionato de Almeida

Coro Soprano – Rebeca Oliveira, Lara Ramos, Juliana Melleiro Rheinboldt, Maria

Rúbia Andreta

Contralto – Ana Maria Mendes, Beatriz Esposito, Nina Ferrari e Rafaela Haddad

Tenor – Ramon Nascimento Mundin, Daniel Duarte,Vinícius Cestari e Clóvis Português

Baixo – Heitor Coelho, Leandro Cavini Matheus Coelho e Willian Donizetti

Espaço da Fonte, ponto de encontro ideal
O Espaço da Fonte, em Monte Alegre do Sul, foi projetado há 15 anos com o propósito de unir arte, gastronomia, música e proporcionar tranquilidade e bem-estar aos frequentadores.

Atelier da Fonte – O Atelier da Fonte brinda os visitantes com peças únicas criadas por Dada Macedo. Psicóloga de formação, o dedicado trabalho desenvolvido por ela com crianças em situação de risco fez com que a artista encontrasse na argila o material ideal para montar uma oficina para atender meninos e meninas.

Após vários cursos, apaixonou-se pela cerâmica. Despretensiosamente e após se mudar para Monte Alegre do Sul, ao lado da família, montou o ateliê onde produz peças ímpares e de design exclusivos.

Bar e Restaurante da Fonte – Construído para atender turistas e moradores de Monte Alegre do Sul, foi cuidadosamente desenvolvido para que os visitantes degustem receitas que unam cachaça com ingrediente selecionados, como para que curtam música de ótima qualidade.  Todos os finais de semana músicos, de todo o Estado, oferecem aos clientes repertórios diversificados, como samba chorinho, MPB, rock clássico, pop rock, viola de raiz, entre outros gêneros. O espaço é amplo e dá uma prévia da natureza exuberante que a cidade respira.  É comum ser locado para casamentos, comemoração de bodas, batizados e confraternizações.

Cachaça da Fonte – Para completar o charmoso espaço está o Alambique da Fonte, com sua exclusiva cachaça bidestilada, onde famosa mistura ao mel faz com que os visitantes reverenciem como uma das melhores do Estado. No local ainda é possível conhecer a adega, onde cachaças e vinhos dão aos turistas a certeza de uma nova visita mais rápido do que imaginam.

Santuário: Orgulho de Monte Alegre do Sul

O Santuário Senhor Bom Jesus, local da apresentação da Orquestra do Circuito das Águas, foi fundado em 6 de agosto de 1919 pelo Bispo Dom João Batista Corrêa Nery e é o único do Circuito das Águas Paulista.

A beleza arquitetônica e o contraste de sua localização com o morro do Cristo ao fundo despertam a atenção de moradores e turistas. O seu interior é ornamentado pelas pinturas do renomado artista italiano D. Rocco. Altar entalhado de madeira e outros esculpidos em mármore dão um charme especial ao Santuário, que recebe dezenas de fiéis e romarias o ano inteiro.

 

Repertório da Apresentação

Concerto para flauta em TWV 51:D1 – Georg Philipp Telemann                   15’

Suíte Abdelazer, Z 570 – Henry Purcell                                                                         15’

Beata Mater – Lobo de Mesquita                                                                                     9’

Salve Regina – Lobo de Mesquita                                                                                     6’

Maria Mater gratiae – Marcos Coelho Neto                                                             4’

Serviço

Concerto – Orquestra Circuito das Águas

Promoção – Espaço da Fonte

Local – Santuário Senhor Bom Jesus

Endereço – Rua João da Serra, Centro, Monte Alegre do Sul-SP

Dia – Domingo, 28 de maio

Horário – 20h

Entrada – Gratuita

Rota da Comunicação e Assessoria – Jornalista – Ivan Lopes – MTB – 025.126 -Telefone  – (19) 98119-7606 – E-mail – lopes.i@uol.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *