Motivação e Sucesso: A avaliação de desempenho deve ser simples e eficaz

Luiz Marins

Há anos venho dizendo que é necessário e altamente motivador para os colaboradores, a avaliação de desempenho. Mas igualmente tenho alertado para que essa avaliação seja simples e eficaz e, obviamente, justa. Enfatizo isso porque tenho visto avaliações complexas e pouco eficazes que dão ao avaliado uma grande sensação de injustiça.

Recebi de um telespectador de Piracicaba, SP, uma mensagem em que relata fazer, já há algum tempo, a avaliação de desempenho de seu pessoal com base nos três critérios de avaliação que tenho defendido: (a) o comprometimento; (b) a atenção aos detalhes e (c) o follow-up up imediato. Assim, relata ele, as chefias, trimestralmente, fazem a avaliação de seus colaboradores e para cada um dos critérios eles avaliam cinco itens. No critério Comprometimento eles avaliam: pontualidade; assiduidade; apresentação; cortesia e bom senso. No critério Atenção aos Detalhes eles avaliam: foco no cliente; rapidez; cumprimento; postura e iniciativa. No critério follow-up up imediato (que eles avaliam como resposta imediata) visão; registro; resposta; proposta e “acabativa”. Após receber as avaliações das chefias, a diretoria indica os colaboradores que são “Destaques & Performances” do trimestre que recebem um troféu personalizado juntamente com uma carta endereçada à família do colaborador congratulando-o pela conquista, relata José Maria Donatti, da Vecol, uma concessionária de veículos.

Vejam que essa avaliação é simples e eficaz. Com base nos três critérios de avaliação você terá um guia para desdobrá-los de acordo com a realidade da sua empresa, do seu negócio, daquilo que você realmente quer como desempenho de seus colaboradores. Outro aspecto importante é realizar essa avaliação no mínimo duas vezes ao ano. Minha sugestão sempre foi a de se fazer uma primeira logo após o carnaval e outra em agosto, no início do segundo semestre.

A avaliação de desempenho formal é altamente motivadora para os colaboradores em todos os níveis. Eles precisam ouvir, diretamente de suas chefias, suas virtudes e defeitos segundo a visão da empresa. Isso fará com que eles possam tomar decisões a respeito de sua própria carreira profissional e mesmo de sua vida. Muitas vezes, a partir de uma avaliação de desempenho as pessoas decidem mudar seu comportamento pois, embora acreditem não estar fazendo nada errado, elas tomam consciência de que estão sendo vistas de uma forma diferente daquela em que se veem a si mesmas. As imagens que temos de nós próprios nem sempre são as imagens que as outras pessoas têm de nós ou que gostaríamos que tivessem.  A avaliação de desempenho pode ajudar esse ajuste e nos tornar mais competentes e felizes.

Sem título

Pense nisso. Sucesso!
Gentileza Arlemcar – Sistecc BondBonus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *