As possibilidades diante da crise

 

Por Helnes Resquioto

Em tempos de crise econômica, com altas taxas de desemprego, o primeiro semestre de 2019 registrou um interessante número voltado para a formalização do mercado de trabalho. Em abril, o número de Microempreendedores Individuais (MEI) superou 8 milhões de profissionais.

Criado para tirar o trabalhador autônomo da informalidade, o MEI pode faturar até R$ 81.000,00 por ano, não pode ter participação ou sociedade em outra empresa e contar com apenas um funcionário que receba o salário mínimo ou o piso da categoria. A única despesa é o pagamento do Simples Nacional, que não chega a R$ 60,00 por mês.

Por outro lado, as vantagens são inúmeras. Auxílio maternidade, aposentadoria, afastamento remunerado por problemas de saúde, financiamentos, entre outros.

Um exemplo de que, mesmo diante das dificuldades impostas pelo mercado, é possível encontrar alternativas. A formalização deve ser a primeira, mas ainda existe um universo de oportunidades em que o profissional pode e deve se capacitar e buscar aperfeiçoar seus métodos, seja em sua atividade, seja na administração de seu negócio.

O SEBRAE, por exemplo, oferece dezenas de possibilidades. São cursos online, presenciais, informações, atendimento personalizado, consultoria. Já o Banco do Povo Paulista, programa de microcrédito produtivo desenvolvido pelo Governo do Estado de São Paulo, oferece financiamentos para empreendedores com taxa de 0,35% ao mês, entre outras vantagens.

Estar preparado, buscando capacitação e conhecimento, é um passo fundamental visando se colocar no cada vez mais competitivo mercado de trabalho. Com certeza, vale a pena!

Helnes Resquioto é advogado e contabilista – Pós-graduando em Direito Público. Foi vereador de Lindoia (2006-2008 e 2009-2012) e atualmente é Secretário de Administração e Planejamento da Prefeitura de Socorro (SP). Quinzenalmente apresenta pontos de vista a respeito do cotidiano, da administração pública e da política no jornal Tribuna das Águas e neste portal.

Compartilhe: