Socorro: Copaíba finaliza o plantio de 16.200 mudas nativas na bacia do Rio do Peixe

 

O projeto “Restauração Florestal de nascentes e córregos afluentes do Rio do Peixe”, executado pela Associação Ambientalista Copaíba, com recurso financeiro do FEHIDRO (Fundo Estadual de Recursos Hídricos do Estado de São Paulo), através do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Mogi Guaçu teve início em 2016.

Esse projeto tem como objetivo contribuir para a restauração das matas ciliares da bacia do Rio do Peixe, importante afluente do Rio Mogi Guaçu. Para a execução desse trabalho, a Copaíba conta com o apoio do Programa Clickarvore da Fundação SOS Mata Atlântica.

Desde o início do projeto, foram plantadas 16.200 mudas de árvores de espécies nativas da Mata Atlântica no entorno de três nascentes e nas margens de três córregos afluentes do Rio do Peixe, em Socorro, SP.

Essas mudas, daqui há alguns anos, formarão uma floresta de 10 hectares, ou seja, mais 100.000 m2 de áreas estão sendo restaurados pela instituição. Isso equivale a uma área maior que 10 campos de futebol oficial.

Para a Copaíba a restauração florestal dessas áreas é fundamental para a conservação da Mata Atlântica. Graças às parcerias com os proprietários de terra que é possível a transformação dessas paisagens, formando florestas para conservar a flora, a fauna, o solo, a biodiversidade, a água e também a qualidade de vida da população.

Essas e outras atividades da Copaíba podem ser acompanhadas também pelo facebook.com/associacaoambientalistacopaiba.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *