Reprodução Caio Araújo
Comunicação/ Imprensa Prefeitura Municipal da Estância de Socorro – SP

Imagem Reprodução Imprensa Prefeitura de Socorro

Em setembro, o Corpo de Bombeiros foi acionado devido à ocorrência de fogo em equipamentos públicos. Os atos de vandalismo foram praticados no Ecoponto do Rio do Peixe e na caçamba de lixo instalada no bairro do Serrote.

A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável informa que o vandalismo a caçambas de lixo na zona rural têm se tornado recorrentes e causam danos irreversíveis. Nesse ano, o prejuízo ocasionado pela depredação do patrimônio público é de 40 mil reais.

O secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Tiago Sartori comenta que Socorro, com atrativos naturais que fomentam a atividade turística, vem se tornando exemplo por suas práticas sustentáveis. “Atear fogo em um equipamento público na época mais quente do ano é colocar a vida e o patrimônios dos munícipes em risco. É literalmente queimar dinheiro público. É um crime que tem que ser combatido e denunciado por todos”, alerta.

O Chefe de Limpeza e Conservação, Benedito de Godoi, acrescenta: “as caçambas estão alocadas nos bairros para beneficiar a população. Estamos construindo meios de ampliar a coleta dos resíduos. Atear fogo, além de ser crime, agrava o problema”.

A Prefeitura de Socorro repudia os recentes atos de vandalismo e informa que adotou as medidas cabíveis, tendo realizado o registro de Boletim de Ocorrência junto à Polícia Civil. A administração aguardará a investigação policial para elucidar o caso. Denúncias podem ser feitas por telefone, pelo número 153.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *